quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

É precisso ter lata

16 de Fevereiro de 2009:
  • "Sei que não serei treinador do Vitória por muito mais tempo." - Manuel Cajuda
17 de Fevereiro de 2009:
  • "Tenho mais um ano de contrato e temos muitas coisas para fazer." - Manuel Cajuda
O técnico Manuel Cajuda parece que perdeu a vergonha, um dia diz uma coisa e no dia a seguir desmente-se a si próprio, recorrendo ao fácil argumento de que os jornalistas não sabem interpretar o que ele afirma.

Já não é a primeira vez que isto acontece, talvez tenha-mos como técnico um Ser iluminado e que se julga superior a todos os outros. As suas declarações são cada vez mais ridículas. E como já disse aqui no post anterior, começo a não saber quem está a fazer a cama a quem.

Segundo aquele senhor que saiu, ou vai sair ninguém entende, e que ia contar toda a verdade (talvez em vésperas de eleições isto lhe venha a fazer muito jeito), a direcção andava a fazer a cama ao treinador. Agora eu digo, Manuel Cajuda está também a fazer a cama à direcção, infelizmente quem paga com isto é o Vitória que deveria estar a acima de tudo e de todos os seus funcionários.

Sr. Cajuda tenha vergonha, você anda a gozar com os sócios do Vitória, o jogo de ontem foi o espelho disto mesmo. São erros que se acumulam de jogo para jogo. Deixou-lhe uma questão: será que você é obrigado a colocar em campo jogadores como Flávio? É que tem no banco alguém (Custódio), que mesmo em condições físicas deficitárias é muito superior ao actual capitão.

Por fim, parabéns ao Estrela da Amadora, deram mais uma lição de profissionalismo aos palermas dos jogadores do Vitória. Depois não se espantem que no Domingo frente ao Trofense, sejam assobiados logo aos primeiros minutos. Por mim é que vocês merecem. Sois uma vergonha, um bando de meninos mimados, mais preocupados em vencerem jogos de sedução do que em serem profissionais.

1 comentário:

Anónimo disse...

Utilizou aí uma palavra mais do que correcta para descrever os jogadores do Vitória: "Palermas".

Quem viu o jogo, ficou sem saber quem recebe ao fim do mês...

Como vitoriano sinto-me cada vez mais revoltado com toda esta realidade do VSC.