quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Bomba

Segundo o jornal ABola de hoje, o ambiente dentro da direcção vitoriana é tudo menos pacifico:

"Ambiente azedado no castelo. A política de contratações sugerida pelo director-desportivo do Vitória, Vasco Santos, e apoiada pelo presidente Emílio Macedo, está a gerar mal-estar entre membros da Direcção do clube.

A discordância de posições é tal que, nos últimos dias, o actual elenco esteve perto de sofrer uma baixa, coma demissão do vice Manuel Almeida.

O tema começou por ser falado em surdina, mas agora já alimenta tertúlias e blogues. Os problemas terão começado em Julho, coma formação do actual plantel, que acabou por ser muito diferente daquele que havia sido projectado e com enorme prejuízo para o Vitória.

Para além de contratações goradas, por deficiente gestão negocial do director-desportivo, o vice Manuel Almeida também não terá apreciado a forma como o clube se aliou ao Benfica, contra o FC Porto, na guerra travada no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), pela entrada directa na Liga dos Campeões."

In Abola de 31/12/2008

Sem comentários: